Teste Psiquiatrico de Depressão Online | DR. Gabriel

Teste Psiquiatrico de Depressão Online | DR. Gabriel

Teste online para saber se você tem depressão

 

Caso você esteja com suspeita de estar passando por algum episódio de depressão, se identificando com alguns sintomas conhecidos e esteja buscando um teste online para saber se você tem depressão, então esse artigo é para você.

Responda as perguntas que virão mais adiante e comece a ter parte do seu diagnóstico.

A depressão é um transtorno considerado de leve a muito grave, que pode prejudicar seriamente a vida pessoal, social e profissional do paciente. Dentre os sintomas mais clássicos e perceptíveis da depressão, podemos destacar:

  • Cansaço;
  • Falta de energia;
  • Desânimo e desmotivação;
  • Dificuldades com concentração e memória;
  • Alterações de sono e apetite;
  • Baixa autoestima e pouca autoconfiança.

 

Esse teste é rápido e prático pode ser o primeiro passo de seu tratamento, cada tenha um resultado que aponte para a possibilidade de haver confirmação do diagnóstico de depressão.

É importante que você saiba que, mesmo se tratando de um teste sério e elaborado por profissionais renomados da psiquiatria, ele não substitui ou dispensa a consulta com um especialista dessa área do conhecimento médico.

 

Vamos começar?

 

Responda de acordo com o período das últimas duas semanas (14 dias corridos). Em quantos desses dias você foi afetado (a) por algum dos seguintes problemas?

 

1.Tive pouco interesse ou prazer em fazer as coisas

Nunca  (0 pontos)

Vários dias  (1 ponto)

Mais de metade dos dias (2 pontos)

Quase todos os dias (3 pontos)

 

2.Senti desânimo, desalento ou falta de esperança

Nunca  (0 pontos)

Vários dias  (1 ponto)

Mais de metade dos dias (2 pontos)

Quase todos os dias (3 pontos)

 

3.Tive dificuldade em adormecer ou em dormir sem interrupções, ou dormi demais

Nunca  (0 pontos)

Vários dias  (1 ponto)

Mais de metade dos dias (2 pontos)

Quase todos os dias (3 pontos)

 

4.Senti cansaço ou falta de energia

Nunca  (0 pontos)

Vários dias  (1 ponto)

Mais de metade dos dias (2 pontos)

Quase todos os dias (3 pontos)

 

5.Tive falta ou excesso de apetite

Nunca  (0 pontos)

Vários dias  (1 ponto)

Mais de metade dos dias (2 pontos)

Quase todos os dias (3 pontos)

 

6.Senti que não gosto de mim próprio/a — ou que sou um(a) falhado/a ou me desiludi a mim próprio/a ou à minha família

Nunca  (0 pontos)

Vários dias  (1 ponto)

Mais de metade dos dias (2 pontos)

Quase todos os dias (3 pontos)

7.Tive dificuldade em concentrar-me nas coisas, como ao ler o jornal ou ver televisão

Nunca  (0 pontos)

Vários dias  (1 ponto)

Mais de metade dos dias (2 pontos)

Quase todos os dias (3 pontos)

 

8.Movimentei-me ou falei tão lentamente que outras pessoas poderão ter notado. Ou o oposto: estive agitado/a a ponto de andar de um lado para o outro muito mais do que é habitual

Nunca  (0 pontos)

Vários dias  (1 ponto)

Mais de metade dos dias (2 pontos)

Quase todos os dias (3 pontos)

 

9.Pensei que seria melhor estar morto/a, ou em magoar-me a mim próprio/a de alguma forma

Nunca  (0 pontos)

Vários dias  (1 ponto)

Mais de metade dos dias (2 pontos)

Quase todos os dias (3 pontos)

 

Resultados

Some a sua pontuação total, englobando as 9 questões respondidas acima, e chegará em um resultado entre 0 e 27 pontos.

Podemos considerar cada resultado da seguinte maneira:

0-4 pontos – sem depressão;

5-9 pontos – transtorno depressivo leve;

10-14 pontos – transtorno depressivo moderado;

15-19 pontos – transtorno depressivo moderadamente grave;

20 a 27 pontos – transtorno depressivo grave.

 

Qual foi a sua pontuação? Caso tenha sido acima dos 5 pontos, procure um psiquiatra. A depressão tem cura e o tratamento deve ser conduzido apenas por especialistas. Cada paciente recebe instruções específicas de acordo com o seu caso.

O tratamento NÃO necessariamente envolve o uso de medicações. Lembre-se diagnóstico de depressão não é sempre sinônimo de remédios. Dependendo do seu contexto de vida, algumas orientações, psicoterapia ou outras mudanças de hábitos podem resolver. Mas caso sejam necessários, os medicamentos para depressão são bem efetivos e podem ter as suas doses calculadas de forma personalizada após a consulta médica em uma clínica ou consultório especializado no tratamento da depressão.

error: Content is protected !!